Profissão e vocação

Todos escolhemos uma profissão

Tempo de leitura estimado: 5 minutos.

A escolha de uma profissão é na maioria das vezes um fator dificultante na passagem da vida de um jovem para o mundo adulto. Para tanto é necessário autoconhecimento que envolva a capacidade de perceber seus talentos e suas inaptidões. Apesar disso a pressão social para a escolha de uma carreira faz com que vocações sejam ignoradas em prol da tradicionalidade. Nesse sentido ao analisar a recorrência de insatisfação profissional  e mudança de carreiras, Rorschach  afirmou que:

“Um indivíduo que, em suas inclinações, dispõe de aparelhos introversivos de talento, mas que desde cedo é envolvido por uma profissão extratensiva que o absorve, não consegue, ‘por razões externas’, nutrir seus talentos com afetos; talvez ele experimente, de vez em quando, a sensação de ‘ter falhado em sua vocação'(…) talvez ele consiga a habilidade de, nas horas de trabalho, ativar os momentos extratensivos do tipo de vivência e, nas férias, os momentos introversivos;(mas) pode acontecer também que um dia esta vítima de uma vida fortemente unilateral adoeça pela discrepância entre o tipo de vivência e as necessidades da vida; de pois quando se disser que ele está ‘esgotado’ haverá algo de verdade nisso: ele esgotou, unilateralmente, uma parte de seu aparelho e negligenciou a outra…”.

Com isto, visando ajudar a solucionar ou direcionar nas dificuldades relacionadas a escolha da profissão e aos frequentes equívocos causados pelas decisões que não levam em conta a vocação, foram criados livros, por psicólogos, que realizam a orientação vocacional para  jovens e adultos nesta difícil etapa da vida.

O que é então a tão mencionada vocação?

É uma inclinação, uma tendência ou habilidade que leva o indivíduo a exercer uma determinada carreira ou profissão segundo Houaiss.

E qual a melhor maneira de descobrir sua profissão?

Por meio de análises de aptidões e dificuldades, de habilidades e fraquezas. Resumidamente levando-se em conta a análise comportamental do indivíduo, podendo ser ela uma auto-análise, quando o indivíduo se sente seguro para tanto, ou uma análise exteriorizada com a ajuda de um psicólogo.

Profissão e vocação via Gihpy
Profissão e vocação via Gihpy

A escolha de uma profissão é uma necessidade que coincide com a etapa de desenvolvimento na qual o jovem busca se conhecer melhor, bem como conhecer seus gostos, interesses e motivações. Nesta fase, surgem também os primeiros confrontos no ambiente familiar, ou porque há expectativas e desejos por parte da família com relação ao jovem, às quais nem sempre este pode corresponder, ou porque não há nenhuma expectativa. Nem sempre os familiares acompanham ou participam deste processo, o que pode levar o jovem a se sentir sozinho e confuso.

Temos que ter cuidado com a `vocação`, entendendo-a como um determinado talento/aptidão que nasce com o ser humano,pois não pode  deixar que ela seja determinante na vida das pessoas, principalmente no momento em que se busca trilhar um projeto de vida., pois no decorrer da história de vida de cada um, mudanças ocorrem e novas habilidades, talentos e interesses provavelmente irão surgir.

Assim, discutir sobre a influência da personalidade valores, crenças, do indivíduo é essencial para que este se torne um profissional realizado e apto ao sucesso. Para tanto, caso haja a dificuldade de auto-análise comportamental o uso da orientação vocacional, exercida por profissionais, apresenta-se como melhor facilitador para solucionar o problema. Se você está buscando orientação eu posso te ajudar, acesse meu site para maiores informações, basta clicar aqui.

Ana Paula

Ana Paula

Psicóloga há mais de 20 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *