Como fazer Hidromel, a bebida dos Vikings!

Tutorial para fazer hidromel pela fermentação.

Hidromel, também conhecido como mead, é a bebida alcoólica mais antiga feita pela humanidade. Evidências arqueológicas indicam que produzimos essa bebida há pelo menos 10,000 anos, ou seja, bebemos este drink a mais tempo do que escrevemos. Um dos povos famosos por produzir e consumir hidromel são os vikings, que aterrorizaram e saquearam toda a Europa do século VIII até o século XXI.

A mitologia de diversos povos, como a nórdica, germânica, grega e africana, são repleta de hidroméis mágicos que davam poderes espetaculares para os deuses e mortais que o ingeriam. Na mitologia nórdica, por exemplo, o Hidromel da Poesia também conhecido como Mead de Suttungr, aparentemente dava poder de resolver qualquer problema e responder qualquer pergunta, além de transformá-lo em um poeta. Em outras culturas o hidromel é visto como um afrodisíaco, capaz de “torná-lo invencível na guerra e irresistível na cama”

Existe um motivo para esta ter sido a primeira bebida feita pelo homem,  hidromel é extremamente fácil de se fazer, utiliza-se apenas 3 ingredientes: água, mel e fermento de vinho. E é por isso que hoje vou ensina-los a fazer esta mágica bebida.

Ingredientes

Segue abaixo os ingredientes para aproximadamente 16L de hidromel

Equipamentos

Passo-a-passo

1. Ative o fermento colocando-o em uma vasilha com água morna.

2. Misture o mel com a água no balde de fermentação até se transformar em uma mistura homogênea.
A proporção de água e mel varia muito de receita para receita, o que muda o sabor e porcentagem de álcool da bebida. A proporção nesta receita produzirá um hidromel mais doce com um teor de aproximadamente 11%, para um hidromel um pouco mais seco siga esta receita.

3. Coloque algum fruto para garantir que o fermento terá os nutrientes necessários para fazer a fermentação. Isso pode ser um punhado de frutas secas, como uva passa, ou 600mL de suco de maracujá ou laranja.

4. Coloque o fermento ativado no balde e misture. É importante que a mistura fique bem oxigenada, portanto misture bastante.

5. Sele o balde e coloque o lacre e acabou!

6. Só esperar a fermentação ocorrer e seu hidromel estará pronto! Esse processo demora aproximadamente 30 dias, mas é recomendável que se espere pelo menos 60 para que a bebida tenha tempo de envelhecer. Após apenas 30 dias a bebida não tem um gosto tão bom e deixa uma ressaca muito forte.

7. É possível fazer uma segunda fermentação, em que se põe outros frutos para mudar o sabor da bebida. Irei fazer um segundo post com algumas receitas de frutas para colocar e dar sabores específicos para o hidromel.

Se você tem interesse em fazer o seu hidromel veja o vídeo abaixo, para ter um guia visual de como fazer esta mesma receita. Não se esqueça de se inscrever no canal e curtir o vídeo!

CRISPR e o Futuro da Edição Genética

CRISPR e o Futuro da Edição Genética-vitor-batman-aflut

A Edição genética é um dos temas preferidos da ficção cientifica desde o descobrimento dos genes, como mostrado em filmes como Os Meninos do Brasil (1978), Jurassic Park (1993) e Gattaca (1997). Porém, com os avanços científicos dos últimos anos talvez a ficção científica se torne realidade.

 

Antes de falar sobre as técnicas mais recentes de edição genética, acho importante lembrar que os seres humanos alteram o DNA dos seres e plantas ao seu redor a milhares de anos, mesmo que indiretamente, através da seleção artificial. Isso ocorre quando ao longo das gerações nós selecionamos os indivíduos com as características que nós valorizamos para procriar. Ou seja, plantamos as sementes das frutas mais doces, escolhemos os filhotes dos cachorros mais dóceis ou dos cavalos mais rápidos para criar. Ao longo do tempo essas características são selecionadas e mudam as características do ser. Abaixo você pode ver a diferença entre as espécies silvestres e as domesticadas.

 

Ancestral X Moderno

 

Clique aqui para ver outros exemplos de comparação entre plantas silvestres x domesticadas

 

Com a descoberta da existência do DNA na década de 50 e das técnicas que permitiam a edição do código genético na década de 70, como a zinc finger e a TALEN, passamos a ter a capacidade de alterar genes diretamente. No entanto, essas técnicas eram extremamente caras, pouco precisas e não funcionavam com todos os tipo de células e seres. E é exatamente por isso que a descobertas feitas nos últimos anos são tão importantes.

 

Em 2014, pesquisadores americanos descobriram uma nova técnica de edição genética chamada CRISPR-Cas9, que utiliza uma proteína que faz parte do sistema imunológico das bactérias, que identifica e corta os códigos genéticos de vírus que tentam infecta-la, como um bisturi molecular. O que os pesquisadores descobriram é que essa mesma proteína pode ser usada para selecionar e editar qualquer código genético.

 

Isso promete mudar não só o campo de estudo das ciências biológicas, mas a sociedade como um todo. Esta nova técnica, diferentemente das anteriores, nos dá a capacidade de manipular com extrema precisão o código genético de qualquer ser vivo, com um custo muito mais baixo e com relativa facilidade ao se comparar as técnicas anteriores.

 

Os limites desta tecnologia ainda são incertos, mas de acordo com especialistas na área essa tecnologia nos permite alterar o código genético de qualquer ser que possui um DNA ou RNA, ou seja basicamente tudo que vive. Em teoria, isso nos dá a capacidade alterar características físicas, melhorar o sistema imunológico, reviver espécies extintas, erradicar doenças hereditárias e mais uma série de coisas que a uma década atrás parecia impossível.

 

Infelizmente, essa nova técnica de edição genética também pode ser usada para fins não tão nobres. Existe uma séria preocupação entre os pesquisadores com os riscos que essa tecnologia pode trazer, como os possíveis usos militares na criação de armas biológicas ou de super soldados, assim como a volta de ideias como eugenia e superioridade genética.

 

Mais uma vez, o avanço tecnologias nos dará a capacidade de manipular ainda mais o meio em que vivemos, cabe a nós decidir o como usar este poder. Caso você tenha interesse em saber mais sobre essa tecnologia,  assista no link abaixo o quarto episódio de BatPapo, em que eu falo com a Doutoranda do Instituto de Ciência Biomédicas de USP Marcela Latancia sobre a história da edição genética, o funcionamento e os possíveis usos dessa tecnologia.

 

 

O objetivo do BatPapo é abordar assuntos que muitas vezes não são explorados pela mídia convencional, ou não de uma maneira satisfatória, em um formato mais livre que permita que o convidado tenha espaço para desenvolver suas ideias. Caso você tenha interesse em continuar vendo conteúdo neste formato se inscreva no nosso canal!

A origem das roupas Champion

Champion oficial no Brasil

Michigan Wolverines 1930 - Champion Brasil
Michigan Wolverines 1930 – Champion Brasil

A ORIGEM DAS ROUPAS CHAMPION ®

Fundada em Rochester – Nova York – no ano de 1919, a marca Champion vestiu atletas por gerações, das equipes olímpicas dos EUA aos esportistas do dia a dia. Logo que foi criada a marca assinou um acordo com o time Michigan Wolverines para produzir uniformes para suas equipes, anos depois, na década de 1930 a empresa foi recebeu o nome de “Champion Knitting Mills Inc.”.

A marca foi a fabricante oficial da equipe de basquete das Olimpíadas de 1992 e produziu uniformes para todas as equipes da NBA durante a década de 1990, algumas equipes da NFL durante os anos 80 e 1990 e kits para a Premier League a partir de 2008. Com o passar do tempo passou a ser comum ver universitários e adultos usando roupas da marca pelas ruas dos Estados Unidos, depois artistas. Desde então a Champion passou a diversificar as linhas de produtos mantendo a qualidade e resistência das tradicionais malhas esportivas.

 

 

A marca está presente em três continentes: América, Europa, Ásia e Oceania, onde pode ser encontrada a coleção Champion Life ™ que é para as ruas e o dia dia, assim como a linha Champion Reverse Weave ®, que é para o mesmo tipo de ocasião mas é feita com tecido premium que é mais flexível na lateral e mais resistente ao encolhimento vertical: go big or go home.

O que é Ba Gua?

O Ba Gua é uma figura que funciona como um mapa, criada para nortear as ações relacionadas com o Feng Shui para tratar ambientes. Essa figura funciona como um mapa para compreender as ações que devem ser implementadas para tornar um ambiente melhor energeticamente falando.

Para usar o Ba Gua é preciso se atentar em como posicionar ele, pois isso faz a diferença. A aplicação do Ba Gua no Feng Shui deve ser feita com atenção, há um vídeo no Youtube que pode auxiliar, deixo abaixo.

Ele pode ser aplicado para quem busca prosperidade em casa, apartamento ou no escritório (ambientes de trabalho ou pessoais). Todos os ambientes são possíveis de serem tratados. Para compreensão total do Ba Gua é preciso compreender também as matrizes, por isso indico consultarem uma pessoa especialista em Feng Shui, seja para dar dicas ou para de fato colocar em prática.

Quer utilizar o mapa para o seu quarto, compreender sobre as cores, sobre como posicionar o Ba Gua ou receber dicas de Feng Shui? Posso te auxiliar, entre em contato!

Aplique Feng Shui com plantas

O campo de conhecimento que o Feng Shui permeia envolve aspectos pessoais e de ambientes, sejam visiveis ou invisiveis e hoje a dica de Feng Shui é direcionada para quem quer compor ambientes externos e internos com plantas. Para aproveitar as dicas não é preciso ter uma casa, sendo possível aplicar em apartamentos, ambientes pequenos e até internos.

Não é uma questão de classificar as plantas entre positivas e negativas, pois segundo o Feng Shui o foco é se ater à compreensão do ambiente e adequação sem entrar no mérito do julgamento.

Para tanto vale levar em consideração o artigo da revista Casa e Jardim, que une os conhecimentos de Feng Shui com os conhecimentos de Fitoenergia e fala sobre o tratamento de doenças e o equilíbrio das sensações por meio da disposição e escolha das plantas corretas.

As dicas são dadas com base nas regiões cartesianas do jardim (norte, sul, leste, oeste, etc) totalizando 8 áreas, mesma quantidade de divisões previstas no mapa do Ba Gua. O interessante é que vemos ponto de convergência entre design de interiores e a decoração que surge a partir de conhecimentos do Feng Shui. Confira um vídeo com imagens de jardins que aplicaram os conhecimentos de Feng Shui.

Na sequência deixo a proposta de divisão do jardim segundo o artigo da revista Casa e Jardim. Norte é a área da carreira e o sul é a àrea do sucesso. O leste está ligado a saúde e longevidade, já o oeste está ligado à bem estar e lazer. O Nordeste por sua vez está relacionado com o aspecto social, de relacionamento com pessoas, enquanto o Sudeste é a região da sorte. Noroeste é a região da espiritualidade e o Sudoeste é a região do relacionamento, amor e paz.

 

E os que não possuem um jardim para aplicar os conhecimentos, o que fazer? É possível montar um jardim vertical com as plantas em formato de mandala, que remete ao fluxo natural e circular da natureza. E além do artigo acima e das recomendações de plantas para jardins eu trouxe uma lista de dez plantas que segundo a NASA são as que mais contribuem para a melhoria da qualidade de ar e que podem ser colocadas em ambientes internos.

Palmeira Areca (Hrysalidocarpus Lutescens)
Palmeira Dama (Rhapis excelsa)
Palmeira Bambu (Chamaedorea Seifrizii)
Árvore da borracha (Ficus Robusta)
Janet Craig (Dracaena Deremensis Janet Craig)
Hera (Hedera Helix)
Tamareira-anã (Phoenix Roebelenii)
Alii (Ficus Macleilandii “Alii”)
Samambaia de Boston (Nephrolepis Exaltata “Bostoniensis”)
Lírio da paz (Spathiphyllum sp.)
Receba esses artigos na sua caixa de email

Vídeo de Feng Shui para casa harmonizada

Você sabia que você pode conrtribuir para uma boa energização da sua casa com as laranjinhas fumegantes, um incenso natural de laranja? Hoje venho trazer um vídeo sobre Feng Shui para ambientes.

Nele dou dicas sobre criar um ambiente familiar harmonioso com o Feng Shui. Também ensino uma técnica com laranjas para afastar as energias negativasrelacionadas com brigas, discussões, depressões e que podem estar impregnadas nos ambientes da sua casa.

Feng Shui e design de interiores

feng-shui-arquetipo-shane

O Feng Shui estuda os ambientes sob uma perspectiva energética mas também sob uma perspectiva estética e de melhor disposição do ambiente. Para tanto são recomendadas cores e alteração na decoração dos quartos, salas escritórios e demais ambientes internos ou externos.

Feng Shui e Design de Interiores
Um artigo acadêmico escrito por um arquiteto e estudioso de Feng Shui trouxe à tona 15 princípios, escritos com base em textos do Wang Yude, professor de uma universidade chinesa.

Neste artigo é levantado um princípio que fala que por meio da utilização dos nossos cinco sentidos conseguimos perceber Chi (sopro da vida) na forma (apreciação estética) e na ausência da forma, havendo beleza nas duas situações.

Saiba um pouco mais sobre como melhorar a energia dos seus ambientes ouvindo o meu podcast. Clique aqui.

A beleza da forma está presente tanto em objetos feitos pelo homem, como em paisagens da natureza. Já a beleza da não forma está na harmonia e equilíbrio, que se relacionam com a busca pela paz no mundo.

As formas estão intimamente ligadas com aquilo que não têm forma, na verdade, estar atento apenas à forma e esquecer daquilo que não tem forma é fomentar algo oco. Então não pense que para tratar o seu ambiente energeticamente basta colocar um sino dos ventos na sala ou no quarto, é preciso ir além disso e repensar nas coisas que não tem forma.

Energia no Feng Shui

energia-feng-shui-arquetipo-shane

O Feng Shui está relacionado com a energia cósmica, no sentido que é uma linha de pensamento que tenta compreender as energias que estão presentes em determinado ambiente. O nome carinhoso que energia recebe dentro do Feng Shui é Chi.

Existem alguns objetos que podem funcionar como captadores ou fontes de energia, por que representam certos elementos da natureza e por essa razão emanam determinados tipos de energia, lembrando que essa pode ser positiva, negativa, estancada (ou parada/estagnada).

 

energia-feng-shui-arquetipo-shane
energia-feng-shui-arquetipo-shane

 

Não somente, as cores também fazem referência aos elementos e por isso também se relacionam com determinados padrões ou vibrações energéticas. Se você quiser saber mais sobre o impacto das cores no Feng Shui clique aqui e para ler o texto que escrevi sobre esse assunto.

O trabalho para um fluxo de energia saudável em um ambiente é constante, o que acontece porque com o passar do tempo as influências energéticas mudam, o que torna necessário adaptar condutas internas e externas para ficar alinhado com o padrão energético em questão e assim tentar manter a positividade.

Nem sempre o trabalho é de mudança, pois as vezes manter determinadas coisas como estão pode ser uma boa opção. Outra coisa fundamental é ter consciência que apesar de ser possível influenciar na energia por meio de objetos há um trabalho intenso que deve ser feito internamente, que independe de objetos e que impacta bastante no chi (energia) pessoal. Para saber mais entre em contato comigo nos comentários abaixo ou clique aqui.

O Risco Bolsonaro

Escrevo este texto com o coração apertado, pois ainda estou de ressaca das eleições de primeiro turno. O nível de ódio que tenho presenciado tanto no mundo digital como no real me assusta.

Eu não irei votar no Bolsonaro, mas diferentemente de muita gente do meu lado do espectro político, não acho que antagonizar as pessoas que votam no Bolsonaro seja uma maneira eficiente de impedir sua candidatura.

Eu entendo o motivo de uma pessoa votar no Bolsonaro.

Não acho que a maior parte do eleitorado dele vota nele por seus comentários preconceituosos, acredito até que pelo contrário, muita gente que vota nele apesar desses comentários. O problema é que estas pessoas estão tão desiludidas com o cenário político atual e o estado das instituições brasileiras, que votam nele como se ele fosse a única maneira de mudar o cenário atual. E esta indignação é completamente aceitável.

Nós trabalhamos 5 meses por ano para pagar impostos, e não recebemos o que é prometido em troca. A infraestrutura do pais está quebrada e ultrapassada e temos 13 milhões de desempregados. Esquemas de corrupção existem em todos os níveis da máquina pública. O Orçamento de educação e saúde são cortados ano após ano, pois os nossos representantes nos dizem que falta dinheiro, enquanto estes mesmos representantes aumentam os próprios salários causando um rombo de bilhões na máquina pública.

Realmente essa situação é de embrulhar o estomago e ao ler esse tipo de coisa sinto vontade de colocar fogo em todas as instituições e torcer para que algo melhor saia das cinzas. Mas essa não pode ser a solução. O Bolsonaro não é a solução.

Historicamente, as pessoas que se colocam como a única solução de uma nação acabam se tornando o principal problema posteriormente.

As pessoas da minha geração, que nasceram depois do final da ditadura, esquecem como as bases do nosso sistema democrático são frágeis. Nós gostamos de nos comparar ao governo dos EUA ou da Inglaterra, mas estas são democracias sólidas, com instituições resilientes que existem a séculos. A democracia no Brasil tem apenas 32 anos.

”Ah, ninguém merece essas comparações de Bolsonaro à Hitler”

Na verdade concordo com você, também acho que não faz sentido comparar Bolsonaro a Hitler, ou o Brasil atual a Republica de Weimar… Mas e a Duterte nas Filipinas? Ou Erdogan na Turquia? Ou Orban na Hungria?

Isto que está acontecendo no Brasil não está acontecendo em um vácuo. O autoritarismo está voltando através do voto democrático. Candidatos que tem se mostrado autoritários estão se tornando ditadores.

Como você acha que este candidato irá reagir quando tiver dificuldade de negociar com o legislativo? Ou quando o primeiro grande protesto contra ele ocorrer? Quão truculento você acha que ele será?

Lembrem-se que este é um indivíduo que a alguns anos atrás disse em rede nacional que a primeira coisa que faria se chegasse na presidência seria fechar o congresso, que 30 mil teriam que morrer para mudar algo no país, que é a favor da ditadura. Que durante sua campanha disse que a oposição tem que ser metralhada.  Um candidato que como política de segurança pretende dar aval para policial matar sem consequências legais e que diz que policial bom é policial que mata.

Seu vice já admitiu a possibilidade de um “auto-golpe” e fez comentários sobre a possibilidade de fazer uma nova constituição que são no mínimo preocupantes. Que a constituição de 1988 foi um erro, e que não deveria ser feita pelos representantes do povo, e sim por um grupo de notáveis.

Durante o impeachment de Dilma, ele idolatrou no congresso nacional um dos indivíduos mais monstruosos da nossa ditadura. Um monstro, que mandou torturar crianças e mulheres gravidas. Como técnica de tortura mandava colocar ratos dentro da vagina das mulheres durante o interrogatório. Este é o candidato que irá salvar o Brasil?

Bolsonaro não só rejeitou as regras democráticas do jogo, na verdade, fez de forma mais aberta e ofensiva que Erdogan, Fujimori, Chavez e Orban. Nenhum deles abraçou a ditadura abertamente.

“Mas o PT vai instalar um regime comunista no Brasil, vai nos transformar na Venezuela!”

E como ele faria isso? Vamos olhar para o caso da Venezuela. Como o governo venezuelano se transformou em uma ditadura? O que sustenta o atual regime de Maduro?

Resposta: As forças armadas.

Não existe ditadura sem o apoio das forças armadas. Em nenhum lugar, nunca. E nós sabemos muito bem de que lado as forças armadas estão nessas eleições. As forças armadas nunca apoiariam um regime comunista do PT.

Ao votar no Bolsonaro estamos abrindo a caixa de pandora e não teremos como fecha-la novamente. Se você acha que vai votar no Bolsonaro agora e se não gostar de seu governo poderá tira-lo em 4 anos, você não está prestando atenção no que está acontecendo.

Como Leandro Karnal diz: “a democracia pode não garantir o paraíso na terra, mas é o único sistema que impede que o inferno se instale”.

Não deixem que o ódio e o medo os levem a escolher o candidato que representa o real perigo para a democracia Brasileira.

Esse dia 28 vai definir os próximos 4 anos, e os próximos 4 anos vão definir os próximos 50.

Boa sorte para nós e boa sorte para o Brasil.

Visualização das cores no Feng Shui

Olá, venho trazer uma informação sobre a relação das cores com o Feng Shui. Essa corrente de pensamento compreende as cores de uma maneira dual, isso significa no Feng Shui as cores se relacionam tanto com palavras sagradas quanto com partes específicas do nosso corpo, onde se situam os chacras. Confira a imagem abaixo para maiores informações.