Marketing digital para psicólogos

Mudanças na regulamentação abriram oportunidades

Em 2018 houve uma alteração nas regras que regulamentam os profissionais de psicologia, ela fez com que os profissionais pudessem prestar o seu serviço de novas formas diferentes das anteriores.

Resolução do Conselho Federal de Psicologia

Em 2018 foi publicado no site do CFP (Conselho Federal de Psicologia) a Resolução CFP nº 11/2018, que atualiza a Resolução CFP nº 11/2012. Essas resoluções servem para regular serviços psicológicos realizados por meio da internet.

A nova norma amplia as possibilidades de oferta de serviços de Psicologia mediados por tecnologias, mantendo as exigências e vinculando ao cadastro individual e orientação do profissional junto ao Conselho Regional de Psicologia para eventuais apurações em caso de prestação incorretas de serviço.

A decisão de reformular a resolução anterior foi tomada na Assembleia de Políticas, da Administração e das Finanças (Apaf) de dezembro de 2017, a partir da demanda da categoria. Na resolução de 2012, revogada pela atual normativa, a prestação de serviços de Psicologia mediado por TICs era vinculado à existência de um site cadastrado. Com a nova resolução, o profissional de Psicologia será responsável pela adequação e pertinência dos métodos e técnicas na prestação de serviços, não havendo necessidade de vinculação a um site.

A psicóloga ou psicólogo poderá oferecer consultas ou atendimentos psicológicos de diferentes tipos por meio das tecnologias da informação e comunicação. Cada tecnologia utilizada deverá guardar coerência e fundamentação na ciência, na legislação e nos parâmetros éticos da profissão. O atendimento, portanto, não poderá ocorrer de qualquer maneira e cabendo ao profissional analisar se a tecnologia utilizada é tecnicamente adequada, metodologicamente pertinente e eticamente respaldada.

Conselho Federal de Psicologia

Mudanças no atendimento psicológico online

1) Substitui a oferta de serviços de “Orientações Psicológicas de diferentes tipos realizados em até 20 encontros ou contatos virtuais” por “consulta e/ou atendimentos psicológicos” através de um conjunto sistemático de procedimentos e da utilização de métodos e técnicas psicológicas na prestação de serviço nas diferentes áreas de atuação da Psicologia com vistas à avaliação, orientação e/ou intervenção em processos individuais e grupais;

2) Não limita mais o número de sessões e derruba a restrição quanto ao Atendimento Psicoterapêutico antes permitido apenas em caráter experimental;

3) Substitui “Processos prévios de Seleção de Pessoal” por “Processos de Seleção de Pessoal;

4) Na utilização de instrumentos psicológicos devidamente regulamentados por resolução pertinente, foi acrescentado a necessidade de que os testes psicológicos devem ter parecer favorável do Sistema de Avaliação de Instrumentos Psicológicos (Satepsi), com padronização e normatização específica para tal finalidade;

5) Também ampliou as possibilidades de supervisão técnica dos serviços prestados por profissionais da Psicologia, antes restritos ao processo de sua formação profissional presencial realizada de forma eventual ou complementar, agora permitido nos mais diversos contextos de atuação;

6) Muda a exigência do cadastro de um site para a obrigatoriedade da realização de um cadastro individual prévio junto ao Conselho Regional de Psicologia e sua autorização;

7) Explicita que o atendimento de crianças e adolescentes somente ocorrerá na forma da Resolução com o consentimento expresso de ao menos um dos responsáveis legais e mediante avaliação de viabilidade técnica por parte da psicóloga e do psicólogo para a realização desse tipo de serviço;

8) Normatiza que o atendimento de pessoas e grupos em situação de urgência e emergência e dos grupos em situação de emergência e desastres pelos meios de tecnologia e informação previstos nesta Resolução é considerado inadequado, devendo a prestação desses tipos de serviço ser executado por profissionais e equipes de forma presencial;

9) Também veda o atendimento de pessoas e grupos em situação de violação de direitos ou de violência pelos meios de tecnologia e informação previstos nesta Resolução, devendo a prestação desse tipo de serviço ser executado por profissionais e equipes de forma presencial;

10) Salienta que a prestação de serviços psicológicos, por meio de tecnologias de informação e comunicação, deverá respeitar as especificidades e adequação dos métodos e instrumentos utilizados em relação às pessoas com deficiência na forma da legislação vigente.

Site da Ana Paula

Um exemplo de site de psicologia

Com essas alterações o profissional fica possibilitado de fazer atendimento remotos e também de utilizar as ferramentas digitais disponíveis para ampliar a sua base de clientes. Esse foi o caso da Ana Paula, psicóloga há mais de 25 anos na área analítica comportamental.

A Ana decidiu testar o serviço de marketing digital da aflut e solicitou a criação de um site para divulgar o seu trabalho e atingir novos clientes, o que aconteceu rapidamente. Em quatro meses ela já tinha recebido o contato de várias pessoas e já tinha agendado consulta com outras tantas.

Como fazer um site para psicólogo

O site é um cartão de visitas

Para o psicólogo o site funciona como um cartão de visitas onde ele pode contar um pouco sobre a sua formação, experiência e sobre a sua metodologia de trabalho. Também é uma maneira de dizer qual é a sua maneira de pensar e os diferenciais das suas consultas.

Anúncios para divulgar o seu site

Para que o seu cartão de visita chegue na mão de pessoas que tem interesse é importante fazer a divulgação dele. É possível divulgar por boca a boca ou fazer a compra de anúncios na internet para potencializar o alcance, é como se o cartão de visitas fosse distribuído para várias pessoas na internet.

Compartilhar

Posts recentes

  • Conforto

Referências de arquitetura 2019

Ao pé das montanhas Tramuntana , esta propriedade maiorquina é um exemplo de sustentabilidade e integração ao meio ambiente. O projeto reflete o profundo carinho de seus…

1 semana atrás
  • Aprendizado

Marketing Digital 10 capítulos

1 mês atrás
  • Aprendizado
  • Ciência Tecnologia

O que é Blockchain? Saiba como funciona

Tenho certeza que todos que estão lendo esse artigo tem algum amigo ou conhecido que em algum momento tentou lhe…

1 mês atrás
  • Aprendizado

Como a tecnologia pode melhorar

A economia de atenção está destruindo nosso tecido social compartilhado. As empresas que criaram mídias sociais e tecnologia móvel beneficiaram…

2 meses atrás
  • Conforto

Chapéu Bucket

Significado Chapéu Bucket O chapéu bucket recebeu o nome de bucket hat na Irlanda. Eles utilizaram o termo bucket na…

2 meses atrás
  • Conforto

Lei de proteção de dados LGPD

Regulamentação do o uso de informações pessoais. A Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD (Lei n.º 13.709/2018) deve…

2 meses atrás